sexta-feira, 24 de junho de 2016

Estudioso defende drenos para conter os alagamentos.


Estudioso defende drenos para conter os alagamentos.

http://www.maispb.com.br/184953/estudioso-apresenta-solucao-para-acabar-alagamento-na-cidade.html

Estudioso na área de recursos hídricos, o técnico em estradas do Departamento de Estradas e Rodagem  (DER), Pedro Severino, defendeu a utilização de drenos subterrâneos nas cidades para absolver água da chuva.
De acordo com Pedro Severino, essa técnica comumente utilizada nas rodovias iria fazer com que ás águas pluviais não se concentrassem nas vias causando alagamentos.
Para Pedro Severino, a mesma técnica também poderia ser aplicada nos prédios residenciais.
Confira áudio
Audio Player
MaisPB.
Do Escritor
Pedro severino de Sousa.
João Pessoa(PB), 25 de Junho de 2016.






quarta-feira, 22 de junho de 2016

PROPOSTA PARA PROTEÇÃO DA FALÉSIA DO CABO BRANCO.

                           

PROPOSTA PARA PROTEÇÃO DA FALÉSIA DO CABO BRANCO.



Pedro Severino em Audiência Pública sobre a Barreira do Cabo Branco



Projeto de intervenção da barreira do Cabo Branco é discutido em João Pessoa.
http://g1.globo.com/pb/paraiba/bom-dia-pb/videos/t/edicoes/v/projeto-de-intervencao-da-barreira-do-cabo-branco-e-discutido-em-joao-pessoa/43519

 A imprensa Paraibana de modo geral, vem noticiando, que a Prefeitura Municipal de João Pessoa, através da Seman (Secretaria do Meio Ambiente), estar fazendo estudo de um Projeto de Engenharia Oceânica, aonde irão estudarem a deriva das correntes marítimas, estudo batimetrico oceânico deste especifico ponto, entre outros estudos da Engenharia oceânica, para que se viabilizem construções de arrecifes artificiais Para proteção da falésia do Cabo Branco( o ponto mais oriental das Américas) do desgaste de abrasão, que o ponto dos Seixas, vem sofrendo, ao longo dos tempos.


Segundo especulação jornalística, este mencionado estudo, balizará o projeto adequado, ou melhor, a construções de arrecifes, que impeçam o avanço das correntes marítimas das marés altas...Impedindo desta forma, o deslizamento secular, permanente e constante da barreira do farol do Cabo Branco...Que se continuar no ritmo que vai, em poucos anos ou décadas, o Cabo Branco da Ponta do Seixas, se tornará, simplesmente, num Cabedelo afogado pelas ondas do mar.


Agora, entretanto, este referido “Estudo”, entre inúmeros outros, ao meu vê, não encontrarão respaldo cientifico, dentro da Engenharia hidráulica marítima, que se coadune com os parâmetros da engenharia de obras marítimas para conter o avanço do mar...Sem “Efeito Colateral”...Pois, este suposto “Arrecife”, será mais um “Corpo Estranho”, construído em cima de uma barragem submersa, suporte rochoso, que outrora, a ponta do Cabo Branco, se sustentava em cima dela... Antes, da erosão desta falésia do Cabo Branco, aonde outrora era mais avançada.

Certamente, o estudo batimetrico, identificará esta barragem submersa, que nas “Grandes Marés”(Fev/Mar e Ago/Set), influenciam as “Ressacas” nas praias do Cabo Branco E da praia do Seixas...


Obviamente, com a construção deste propalado “Arrecife”potencializará mais ainda, as ressacas das marés altas, nestes citadas praias e meses...Além do mais, se vendo, pelo lado Político, será uma “obra Afogada”. Não trazendo dividendo Político. Para quem o construir.

Diante disto, em suma, que invés de se construir um “Arrecife”... Se devia construir um “ Muro de Contenção”...Da Barreira da Falésia do Cabo Branco, recompondo sua parte já perdida, com material(solo) idêntico ou similar, isto é, com índices físicos(granulométrica e plasticidade), que se assemelham com o já existente, com seu devido reflorestamento.


Por outro lado, este suposto “Muro de Contenção”, ou seja, na sua parte frontal, se
abriria, um grande “Painel Artístico”, que possibilitasse os “Artista Plásticos”, Paraibanos e Brasileiros, a desenvolverem os seus trabalhos artísticos...Vocacionando, o Cabo Branco, de fato, com gloria e honra, “ O Ponto mais Oriental das Américas”. “ Aonde o Sol nasce Primeiro”.


UMA REFLEXÃO SOBRE A MATÉRIA:

ESTAÇÃO CIÊNCIA CABO BRANCO ESTÁ COM RACHADURAS


Não precisa ser um especialista (Engenheiro Civil e/ou Geológico)...Para ser entender, que as rachaduras ora apresentadas na Estação Ciência Cabo Branco...Ao meu vê, são mais de ordem geológico, do que mal dimensiomento de cálculos estruturais... A boca maldita, especulam que, houve até mesmo, superfaturamento desta “Obra de Arte”(Estação Ciência Cabo Branco).

Agora, entretanto, estudando o comportamento “Geofísico” das “Falésias Costeiras”...Principalmente e  as falésias de formação geológicas com solos lateríticos... E não de formação geológica cristalinas, ou seja, de formações rochosas... São susceptíveis, a permanentes impercebíveis abalos sísmicos... Impercebíveis a olho nu... Entretanto visíveis, através de sismógrafos... Partindo desses pressupostos, imagino, que a Falésia do Cabo Branco, sofre com as “Intempéries”...Desses supostos abalos sísmicos...Para se melhor, compreender isto...Vamos voltar no Túnel do Tempo.

Provavelmente, a milhares ou milhões de anos atrás...A falésia do Cabo Branco...Tinha um topografia mais Oriental do que a de hoje...Ou seja, tinha uma maior porção de terra...Que avançava ao oceano atlântico...Entretanto, as intempéries da natureza...Ao logo desses milhares ou milhões de anos atrás...Degradou a tal ponto...A falésia do Cabo Branco...Ao ponto que se encontra hoje...Entretanto, isto que dizer que, com o recuo da barreira do Cabo Branco...A crosta ou plataforma, que a parte erodida da falésia do Cabo Branco que supostamente, estava sobreposta...Naturalmente, perdeu seu equilíbrio hidrostático...Ficando a Barreira do Cabo Branco atual...A mercê do “Vai e Vem” das marés “Alta Baixa” do mar...Que por via de conseqüência...Ocasionando a porção de terra da atual Falésia do Cabo Branco... A repetitivos movimentos hidrodinâmicos e hidrostáticos, da descarga e sobrecarga das marés oceânicas...


Que conseqüentemente, suscitando a Falésia do Cabo Branco... Diariamente, a sucessivos impercebíveis (pequeníssimos) abalos sísmicos... Em suma, é providencial em caráter de urgência urgentíssima... Se devia construir um “ Muro de Contenção” Da Barreira da Falésia do Cabo Branco, recompondo sua parte já perdida, com material(solo) idêntico ou similar, isto é, com índices físicos(granulométrica e plasticidade), que se assemelham com o já existente, com seu devido reflorestamento.


Por outro lado, este suposto “Muro de Contenção”, ou seja, na sua parte frontal, se abriria, um grande “Painel Artístico”, que possibilitasse os “Artista Plásticos”, Paraibanos e Brasileiros, a desenvolverem os seus trabalhos artísticos...Vocacionando, o Cabo Branco, de fato, com gloria e honra, “ O Ponto mais Oriental das Américas”. “ Aonde o Sol nasce Primeiro”.


DO ESCRITOR DO LIVRO
ÁGUA: A ESSÊNCIA DA VIDA
PEDRO SEVERINO DE SOUSA

JOÃO PESSOA (PB), 12.04.2009

domingo, 19 de junho de 2016

CAPTAÇÃO DE ÁGUA DE CHUVA... DENTRO DE UM PLANO DE AÇÃO JOÃO PESSOA SUSTENTÁVEL...


CAPTAÇÃO DE ÁGUA DE CHUVA...
DENTRO DE UM PLANO DE AÇÃO JOÃO PESSOA SUSTENTÁVEL...
PARA INSTALAÇÕES PREDIAIS...
E SOBRETUDO, NA URBANIZAÇÃO DE SEUS LOGRADOUROS.



“A chuva é um recurso natural de nosso alcance que nos permite dispor de uma reserva de água de ótima qualidade para destinar à rega de jardins, e lavagem de piso e outros espaços. É uma água que cai do céu de forma gratuita e que infelizmente no Brasil é desperdiçada se misturando ao sistema de esgoto. Na Alemanha, por exemplo, essa água é coletada em um sistema individual de água de chuva, onde alguns distritos subsidiam estas instalações. Aproveitando essa água, contribuímos com a diminuição da escassez de água, que já atinge várias regiões do país. Já passou o momento de planejar um novo consumo, mais racional, mais inteligente e mais solidário. Uma das maneiras de evitar esse desperdício é utilizando o sistema de aproveitamento de água da chuva para uso não potável nas edificações, que pode significar mais de 50% do consumo total. Como funciona o sistema de aproveitamento de água da chuva para uso não potável: Se sua edificação não possui uma estrutura composta por coletores de água, como por exemplo, calhas e condutores, o ideal primeiramente seria instalar esses equipamentos para captação e após instalados será necessário direcionar toda a água para um reservatório. As primeiras águas da chuva devem ser descartadas, pois são águas que lavam o telhado... Aproveitando assim, a água da chuva”.

Fonte
Aproveitamento de água da chuva: para uso não potável – SustentArqui - http://sustentarqui.com.br/dicas/aproveitamento-de-agua-de-chuva-para-uso-nao-potavel/ Por favor, sempre faça referência à fonte de onde você está copiando.




Já concernente... “A URBANIZAÇÃO DE SEUS LOGRADOUROS”...
Deve-se Projetar ‘Drenagem Subterrânea’...Nas Ruas, Avenidas, Praças, entre outros Logradouros Públicos...E construções de ‘Piscinões’.





 Em suma pelo visto, “A CAPTAÇÃO DE ÁGUA DE CHUVA...
PARA INSTALAÇÕES PREDIAIS...
E SOBRETUDO, NA URBANIZAÇÃO DE SEUS LOGRADOUROS “...

Uma parte desta água de chuva captada será Drenada para o ‘Lençol Freático...


Recarregando o AQUIFERO BEBERIBE



E outra parte, irá para os PISCINÕES...como por exemplo, no caso do Brasil...
'Piscinão' da Praça da Bandeira diminuirá enchentes | Cidade Olímpica.




VÍDEOS INTERESSANTES:



E no exterior...

Tóquio: tecnologia e educação contra enchentes...

https://youtu.be/WUn9hsXANwA

 



Evitando desta forma...’Enchentes...E Inundações’...
Para uma  João Pessoa Sustentável.

http://pedroseverinoonline.blogspot.com.br/2016/06/por-uma-joao-pessoa-sustentavel.html    



Do Escritor
Pedro Severino de Sousa
João Pessoa(PB), 19 de Junho de 2016.






















quinta-feira, 16 de junho de 2016

Por que as noites sem nuvens são mais frias?





Por que as noites sem nuvens são mais frias?

( Ao meu entender, Grifo de Pedro Severino de Sousa).

http://www.climatempo.com.br/noticia/por-que-as-noites-sem-nuvens-sao-mais-frias-


EL NIÑO INTENSIFICARÁ SECA.



Ao meu ver...Dentro de uma 'Visão Observatória, do 'Clima', aonde a 'Umidade Relativa do Ar'...Ser 'Baixa', como no DESERTO SAARA...Durante o 'Dia'...Em 'Tese'...Devido o 'Vazio Atmosférico'...Os 'Raios Solares', desce com 'Maior Intensidade'...Ao 'Solo'...Descoberto, sem vegetação(Zona Rural)...E na Zona Urbana, as Selvas de Perdas, e o as 'Ruas'...Das cidades que seja Pequenas, Medias, Grandes...E principalmente, as Metrópoles(Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Recife, entre outras...No Caso, do Brasil...Obviamente, vem aumentar o Calor durante o dia...Criando, verdadeiras 'Ilhas de Calor'.

Entretanto, durante a 'Noite'...Devido ao Vazio Atmosférico'...Decorrente, Baixa umidade relativa do Ar... Do Clima seco...A 'troposfera gelada da noite...Em 'Subsidência, vem até as 'Baixas Altitudes...Esfriando, as 'Noites'...

No resto, são explicações 'Errôneas', de algumas 'Teses' Meteorológicas.

Do Escritor,
Pedro Severino de Sousa
João Pessoa(PB), 15 de Junho de 2016

terça-feira, 14 de junho de 2016

POR UMA JOÃO PESSOA SUSTENTÁVEL...




POR UMA JOÃO PESSOA SUSTENTÁVEL...
NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES/2016...
SAIBA ESCOLHER...COM UMA 'CONSCIÊNCIA DE SUSTENTABILIDADE'.

João Pessoa de ontem e de Hoje.


PROPOSTAS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL...

1. PROPOSTA DA RACIONALIZAÇÃO DO CONSUMO DE ÁGUA POTÁVEL, USO DOMÉSTICO E JARDINAGEM. (através de captação, uso e reuso).

2. PROPOSTA DE RACIONALIZAÇÃO NO CONSUMO E GERAÇÃO DE ENERGIA.

3. PROPOSTA DE TODO RESÍDUO SÓLIDO, GERADO EM OBRAS, IR PARA RECICLAGEM.

4. PROPOSTA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL DE DISCIPLINA OBRIGATÓRIA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL. (REDE PÚBLICA E PRIVADA).

5. PROPOSTA DE ENGENHARIA ARQUITETÔNICA URBANISTICA VERDE

6. PROPOSTA DE GERAÇÃO DE GÁS NATURAL... ATRAVÉS DE ATERRO SANITÁRIO.

7. PROPOSTA PARA PROTEÇÃO DA FALÉSIA DO CABO BRANCO.

8. INCENTIVAR AS EMPRESAS DE COLETIVOS DE JOÃO PESSOA...A USAREM ÔNIBUS FLEX(DIESEL/GÁS NATURAL VEÍCULAR).

9. FAZER INTERCÂMBIO SOBRE PESQUISAS EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA...ENTRE A GESTÃO MUNICIPAL E AS UNIVERSIDADES PÚBLICAS E PRIVADAS.

10. CRIAR CONSELHOS MUNICIPAIS EM ÁREAS AFINS...ENTRE O PODER PÚBLICO E A INICIATIVA PRIVADA...VOLTADO PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL.

Em suma, donde se sugere, sobre a obrigatoriedade de instalação de "Sistemas"... Como por exemplos, na captação de ‘Água de Chuvas'...E sistemas de ‘Reuso de Água’ ?...Na construção de novos prédios...

Do Escritor Pedro Severino de Sousa

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Ricardo Coutinho: Revela indignação com abandono de acesso à Estação Ciência e manda DER pavimentar local...


Ricardo Coutinho: Revela indignação com abandono de acesso à Estação Ciência e manda DER pavimentar local...

Projeto de intervenção da barreira do Cabo Branco é discutido em João Pessoa.

http://g1.globo.com/pb/paraiba/bom-dia-pb/videos/t/edicoes/v/projeto-de-intervencao-da-barreira-do-cabo-branco-e-discutido-em-joao-pessoa/4351964/

Pedro Severino em Audiência Pública sobre a Barreira do Cabo Branco.

Ricardo Coutinho,  lembrou que Estação Ciências se transformou no principal equipamento turístico de JP, com mais de 1 milhão de visitantes ao ano.


http://www.blogdogordinho.com.br/rc-revela-indignacao-com-abandono-de-acesso-a-estacao-ciencia-e-manda-der-pavimentar-local/#comment-9698


RESUMO DA ÓPERA:

PROPOSTA PARA PROTEÇÃO DA FALÉSIA DO CABO BRANCO...

CONVERGINDO COM A CRIAÇÃO DO PARQUE ECOLÓGICO PONTO DO SEIXAS.



http://pedroseverinoonline.blogspot.com.br/2015/02/proposta-para-protecao-da-falesia-do.html

A imprensa Paraibana de modo geral, vem noticiando, que a Prefeitura Municipal de João Pessoa, através da Seman (Secretaria do Meio Ambiente), estar fazendo estudo de um Projeto de Engenharia Oceânica, aonde irá estudarem a deriva das correntes marítimas, estudo batimétrico oceânico deste especifico ponto, entre outros estudos da Engenharia oceânica, para que se viabilizem construções de arrecifes artificiais Para proteção da falésia do Cabo Branco( o ponto mais oriental das Américas) Do desgaste de abrasão, que o ponto dos Seixas, vem sofrendo, ao longo dos tempos.


Segundo especulação jornalística, este mencionado estudo, balizará o projeto adequado, ou melhor, a construções de arrecifes, que impeçam o avanço das correntes marítimas das marés altas...Impedindo desta forma, o deslizamento secular, permanente e constante da barreira do farol do Cabo Branco...Que se continuar no ritmo que vai, em poucos anos ou décadas, o Cabo Branco da Ponta do Seixas, se tornará, simplesmente, num Cabedelo afogado pelas ondas do mar.


Agora, entretanto, este referido “Estudo”, entre inúmeros outros, ao meu vê, não encontrarão respaldo cientifico, dentro da Engenharia hidráulica marítima, que se coadune com os parâmetros da engenharia de obras marítimas para conter o avanço do mar...Sem “Efeito Colateral”...


Pois, este suposto “Arrecife”, será mais um “Corpo Estranho”, construído em cima de uma barragem submersa, suporte rochoso, que outrora, a ponta do Cabo Branco, se sustentava em cima dela... Antes, da erosão desta falésia do Cabo Branco, aonde outrora era mais avançada.


Certamente, o estudo batimétrico, identificará esta barragem submersa, que nas “Grandes Marés”(Fev/Mar e Ago/Set), influenciam as “Ressacas” nas praias do Cabo Branco E da praia do Seixas...

Obviamente, com a construção deste propalado “Arrecife” potencializará mais ainda, as ressacas das marés altas, nestes citadas praias e meses...Além do mais, se vendo, pelo lado Político, será uma “obra Afogada”. Não trazendo dividendo Político. Para quem o construir.


Diante disto, em suma, que invés de se construir um “Arrecife”... Se devia construir um “ Muro de Contenção”...Da Barreira da Falésia do Cabo Branco, recompondo sua parte já perdida, com material (solo) idêntico ou similar, isto é, com índices físicos(granulométrica e plasticidade), que se assemelham com o já existente, com seu devido reflorestamento.


Por outro lado, este suposto “Muro de Contenção”- (Tem o intuito de "Proteger a Falésia do Cabo Branco"...Dando a 'Ela", um 'Visão Artística', ou melhor, um 'OLHAR ARTÍSTICO'... ), ou seja, na sua parte frontal, se abriria, um grande “Painel Artístico”, que possibilitasse aos “Artista Plásticos”, Paraibanos e Brasileiros, a desenvolverem os seus trabalhos Artísticos...Vocacionando, o Cabo Branco, de fato, com gloria e honra, “ O Ponto mais Oriental das Américas”. “ Aonde o Sol nasce Primeiro”...


Em suma, com a execução da Obra de “PROTEÇÃO DA FALÉSIA DO CABO BRANCO”...Se execute simultaneamente, “A CRIAÇÃO DO PARQUE ECOLÓGICO PONTO DO SEIXAS”...Tanto a Obra de Engenharia em si...Como na essência a regulamentação deste...PARQUE ECOLÓGICO PONTO DO SEIXAS”...Dentro dos preceitos do CONAMA- Conselho Nacional do Meio Ambiente...Enquadrando este PARQUE ECOLÓGICO PONTO DO SEIXAS...A uma “Reserva Florestal”...No entanto, com visitação pública...Tornando este já referido... PARQUE ECOLÓGICO PONTO DO SEIXAS – “O Bosque dos Sonhos”...O Ponto mais Oriental das Américas”... “Aonde o Sol nasce Primeiro”. Certamente, levando João Pessoa - Capital da Paraíba...”A Nova Capital”...Do ‘Turismo do Nordeste do Brasil”.


Prefeito fala em túnel ligando Estação Ciência e Estação das Artes no Cabo Branco, ‘a questão é ter recursos’


http://www.paraiba.com.br/…/45281-prefeito-fala-em-tunel-li…


Um momento de Reflexão:


Pura "invencionice"...Do Prefeito Luciano Cartaxo...Em Fazer um túnel ligando a Estação Ciência...Com Estação das Artes..."Se" em algum dia isto for executado... Este túnel ligando a Estação Ciência...Com Estação das Artes..Certamente, com a "Dinamitação(dinamitar o subsolo) entre as duas Estações(Estação Ciência...Com Estação das Artes... Para execução deste referido "Túnel"...


Ao meu ver, provocará mais uma "Degradação...Sem precedentes"...Desta já 'Fragilíssima "Falésia do Cabo Branco"...Aonde já estão construídas...As Estação Ciência...E a Estação das Artes...Por não dizer também, do Ponto do Seixas...“ O Ponto mais Oriental das Américas”. “ Aonde o Sol nasce Primeiro”.


Então, Prefeito Luciano Cartaxo, Partindo deste 'Pressuposto', abordado acima, Pense Nisso"...Antes de tomar qualquer "Decisão"...Entretanto, é o meu ponto de vista. (Pedro Severino Sousa).


Em tempo: Para ligar a Estação Ciência e Estação das Artes no Cabo Branco...Em caráter de sugestão: Bastaria simplesmente construir...Uma 'PASSARELA".

Entretanto, é meu ponto de vista.


Resumo da Ópera:


No mínimo, Luciano Cartaxo, o atual Prefeito de João Pessoa, Perdeu a oportunidade de já ter começando o 'PROJETO EXECUTIVO DA PROTEÇÃO DA FALÉSIA DO CABO BRANCO"...Pronto desde do ano 2015 passado:


http://www.joaopessoa.pb.gov.br/seplan-apresenta-projeto-de-contencao-e-revitalizacao-da-falesia-do-cabo-branco/

Entretanto, não "Moveu uma Palha"... Por isso, estar 'Pagando Caro"...Neste 'PROJETO EXECUTIVO DA PROTEÇÃO DA FALÉSIA DO CABO BRANCO".


Do Escritor...

Pedro Severino de Sousa.

João Pessoa)PB), 26 de Maio de 2016

sábado, 21 de maio de 2016

Record muda o nome da segunda novela bíblica de 'Josué'...Para a 'Terra Prometida.





Record muda o nome da segunda novela bíblica de 'Josué'...Para a 'Terra Prometida.

http://br.blastingnews.com/tv-famosos/2015/10/record-muda-o-nome-da-segunda-novela-biblica-de-josue-00610721.html

Um dos motivos seria porque Moisés teria uma história mais conhecida que a de Josué, e também porque mostrará o fim da saga de Moisés, que se tornou o maior profeta de todos os tempos, além dos hebreus cogitarem a sua chegada como libertador por muitos anos, durante a escravidão no Egito.

A autora, que já finalizou Os Dez Mandamentos, vai reunir a sua equipe e começar a escrever a primeira fase de A Terra Prometida, a saga de Moisés no deserto até a entrega do seu cajado para Josué, o seu sucessor.

COREMAS, A TERRA PROMETIDA DO SERTÃO PARAIBANO.

http://pedroseverinoonline.blogspot.com.br/2015/12/coremas-terra-prometida-do-sertao.html

COREMAS A TERRA PROMETIDA \ POR PEDRO SEVERINO /
https://www.youtube.com/watch?v=2ihNTg-udT4
 


Apesar de todas 'Serie Históricas'... De 'Chuvas' abaixo da média, aqui no Semi-Árido do Nordeste do Brasil, principalmente de 2012 a 2015...E com perspectiva de... Seca deve piorar em 2016 e pode ir até 2021, diz estudioso; confira entrevista.

http://www.revistanordeste.com.br/…/seca+deve+piorar+em+201…

EL NIÑO INTENSIFICARÁ SECA.
https://youtu.be/BYD2VJXX0MU


E que entre as décadas de 1940...E 1950...Tempo da Construção do Sistema Curema - Mãe d'Água (http://www.dnocs.gov.br/barragens/curema/curema.htm ).

É essencialmente importante salientar...Nesta Época... Entre as décadas de 1940...E 1950...Tempo da Construção do Sistema Curema/Mãe d'Água...Coremas, era a ITAIPU(https://www.itaipu.gov.br/ ) desta Época...E até então, era o maior 'Manancial do Brasil'...Além do 'Projeto Meridiano 38'...Aonde teria Universidade Agrícola...Para irrigar mais de 20(vinte) mil hectares de terra...Entretanto, o Município e Coremas...Ainda não sai como sendo um dos menores IDH(Índice de Desenvolvimento Humano) do Vale do Piancó.

Pelo visto, sempre foi 'Um Gigante Adormecido'...Pois, nunca saiu deste "Atraso-Econômico-Social"...Apesar, como mostrado, de possuir todo "Potencial"...Diante disto, vejamos:

COREMAS-PB, TEM FUTURO... SÓ DEPENDE DE VOCÊ...

http://pedroseverinoonline.blogspot.com.br/…/coremaspb-tem-….

Em suma, "Apesar dos Pesares"...Abordados anteriormente, vejamos a "Ironia do Destino"...De Coremas...Que certamente, COREMAS, será... A TERRA PROMETIDA DO SERTÃO PARAIBANO.

Diante disto, como explicar isto? Então partindo 'Principio Bíblico"...
É Morrendo que se Vive (Cid Moreira)

É Morrendo que se Vive (Cid Moreira)
https://www.youtube.com/watch?v=LIlfB_1-x1Q


Deve-se destacar...Que, o Semi-árido do Nordeste do Brasil...Sempre, esteve dentro deste 'Stress Hídrico"...E pelo visto, a tendencia é piorá...

Todavia, como sabemos que a Bacia Hidráulica do Complexo Curema/Mãe DÁgua...Certamente, 'Possuem' um 'Abundante'...Lençol Freático, para dizer um 'Aquífero'...Que obviamente, todo 'Povo do Sertão Paraibano...Habitará a Terra Prometida(Coremas)...Uma das Novas Canaã(s)...Dos Sertões do Nordeste do Brasil...Dos 'Tempos Atuais'...

Do Escritor
Pedro Severino de Sousa
João Pessoa(PB), 17 de Dezembro de 2015.